Seja lá o que você pensa sobre o futuro dos negócios
Seja lá o que você acha que a sua marca significa para a massa
Ou qual for a sua estratégia de marketing para os jovens
Uma coisa é certa: estamos no meio de uma mudança épica
Sob alguns aspectos, parece que voltamos ao Século XVII, quando todos estavam na corrida para descobrir o novo mundo
O Google são os franceses, o twitter são os espanhóis
A Microsoft são os holandeses, os malucos da Apple são os portugueses
Os oceanos são a internet e os computadores e softwares são os navios
E todos eles estão navegando para encontrar e conquistar novas terras

A mudança está acontecendo por todas as partes
Na política por todo o mundo, no âmbito corporativo
No ramo do entretenimento, nas fábricas
Os setores da economia e as marcas têm que se perguntar:
Por que isto está acontecendo? Qual é a causa disto?
Se você não se perguntar, não será capaz de se manter relevante quando a energia da transformação terminar
Novos tempos demandam novas ideias
Olhar para o passado não é uma forma de garantir um futuro
Repare nos filmes:
Um novo “Planeta dos Macacos” e um remake de “Conan, o Bárbaro”
Enquanto na TV há as novas “Panteras” e um novo “Hawaii 5-0”
É como se tivéssemos perdido a capacidade de imaginar

Teriam desaparecido todas as mentes criativas?
Ou quem foi que parou de investir nos sonhadores?
A indústria da música continua vendendo discos de plástico – também conhecidos como álbuns

Enquanto os atuais fãs de música compram ou escutam músicas direto da internet ou nos seus celulares
O presente gira em torno do acesso à representação física do consciente coletivo
Antigamente a consciência coletiva era um apenas um conceito
Hoje, a consciência coletiva está no seu smartphone e se chama Twitter
O Twitter é a representação física da consciência coletiva, pela qual pode-se conectar com a consciência de milhões
Você não precisa adivinhar o que se passa na cabeça das pessoas
As pessoas estão conectadas
Para se manter relevante, você,seu negócio ou a sua marca precisam ser parte desta conexão
É preciso participar das conversas, ou mesmo começar as conversas
É preciso inventar ou amplificar culturas
Marcas precisam ouvir a comunidade…

Pense nos setores da economia que estão prosperando e naqueles que estão tendo prejuízo
Muitos dos que estão no prejuízo têm apostado nos comerciais de TV e ainda não encontraram novos maneiras de ofertar seus produtos
Os que estão prosperando não têm comerciais mas ainda assim são bem-sucedidos

Qual foi a última vez que você assistiu a um comercial do facebook?
Qual foi a última vez que você assistiu a um comercial do zynga?
Qual foi a última vez que você assistiu a um comercial do twitter?
Ou de algum outro negócio em ascensão nas suas comunidades?
Há um novo conceito de marcas e negócios que reúnem comunidades
Você não precisa utilizar os canais tradicionais para o marketing e a publicidade
Hoje em dia, você precisa transformar um momento em uma força e uma força em um movimento
Que não pode ser realizado em um comercial de 30 segundos
É preciso iniciar uma conversa com seus consumidores
Então eu digo: crie conversas e não anúncios
Em 2011, se você quer encontrar seus consumidores, não pode fazer negócios como se estivéssemos em 1991 ou mesmo em 2001
especialmente no mercado para jovens
O que prendia a sua atenção ontem não vai mais prender hoje ou amanhã
Práticas antigas não resolverão problemas do presente ou do futuro
Os empresários antes iam onde o dinheiro estava
Atualmente, para se ter um negócio, é preciso ir onde estão as pessoas
Pessoas tem o poder de acabar com as marcas ou fazer delas um sucesso

Penso que deveríamos evoluir do marketing para o Communiting
Comercializamos tanto que matamos as comunidades
Comercializamos tanto que temos feito mal aos nossos clientes
Temos que conduzir os negócios de uma forma que dê condições e sustente as comunidades
Communiting é a comunicação entre pessoas e companhias que dão condições e sustentam uma comunidade
O comércio está nas intersecções dos relacionamentos entre as pessoas e as empresas
Communiting será o novo padrão:
Se o seu anúncio, plano de marketing ou comunicação não acrescenta, remodela, dá condições ou fortalece a comunidade, então não o leve adiante
Além de um grande músico, produtor e artista inovador, Will.i.am ainda cria um novo conceito para a comunicação, a publicidade e a propaganda, diferente de como as conhecemos hoje: o Communiting, a comunicação entre as pessoas e as companhias sustentando as comunidades. Uma nova comunicação, que envolve a participação e o entendimento, tanto das empresas como do público e das comunidades.
E por que esse manifesto pelo Communiting está no Macacos me Bloguem? Por que também acreditamos nesse texto. A comunicação tem muito mais a ver com o diálogo do que com a símples absorção de mensagens. Sempre defendemos essa ótica nas apresentações. Uma apresentação não acaba quando o palestrante desce do palco. Ela continua nos comentários do público, em seus Twitters, nas comunidades como o Facebook, e esse diálogo do palestrante e o público continua. A apresentação é apenas o start de uma conversa que une as pessoas e a discussão é importante para que a sua idéia continue e para que novas idéias apareçam.
A idéia de Communiting do texto é um conceito que acreditamos aqui na MonkeyBusiness. Por isso nos envolvemos com os TEDx e diversos outros eventos. Por isso estamos em todos eles, assistindo apresentações, conversando compalestrantes e com o público, por isso nos envolvemos com coaching dos palestrantes, com as suas histórias, e trabalhamos para retrata-las da melhor maneira possível em nossas apresentações. E posso afirmar com certeza que aprendemos muito com cada evento novo que participamos. E esse aprendizado renova a maneira de criarapresentações que temos.
É importante que pensemos em Communiting ao apresentar. É importante que saibamos que as nossas apresentaçõesdevem gerar o diálogo, a troca de idéias, e que as nossas idéias transmitidas nas apresentações não são carimbos, elas serão discutidas e avaliadas no momento da sua apresentação e nas diversas comunidades online. A sua apresentação continuará sendo vista na internet, no seu slideshare ou similares. O diálogo e as idéias continuarão.
A sua apresentação é um meio de te aproximar ao seu público, de dialogar com ele.